Portugues English Spain Dutch Turkish French

Início O Jogador
História do Jogador PDF Imprimir E-mail

FICHA TÉCNICA

Nome: Paulo Henrique Carneiro Filho
Idade: 27 anos
Data de nascimento: 13/03/1989
Cidade natal: João Pessoa (PB)
Peso: 79 kg
Altura: 1,80m
Posição: atacante
Clubes em que atuou: Atlético/MG - BRA (2007), Heerenveen - HOL (2007 – 2010), Palmeiras - BRA (2010), Westerlo - BEL (2010 - 2011) e Trabzonspor - TUR (2011 - 2014) e Shanghai Greenland (2014 - atualmente)
1ª partida como profissional: São Paulo 0 x 1 Atlético (10/06/2007), marcando o gol da vitória
Atual situação: contrato com o Shanghai Shenhua até 2017. Direitos econômicos pertencentes ao Shanghai Shenhua.


O JOGADOR

Garoto humilde de João Pessoa, no estado da Paraíba, Paulo Henrique Carneiro Filho teve o mesmo sonho de grande parte das crianças brasileiras: ser um jogador de futebol. Em busca do seu objetivo, em 2004 ele foi para São Paulo disputar um campeonato por um time de sua região. Seu faro de gol chamou a atenção dos olheiros Ricardo e Ademir, que o chamaram para vestir a camisa do Atlético/MG, com apenas 15 anos de idade.

Assim, em 2004 ele chegou à equipe mineira, se destacando nas equipes juvenil e júnior pela sua facilidade em fazer gols. Entre os torneios disputados, destaque para o título do Torneio de Terborg, na Holanda (2006); e o vice-campeonato do Torneio de Ennepetal, na Alemanha (2007), onde Paulo Henrique foi o artilheiro da competição. E depois de fazer uma boa Copa São Paulo em 2007, ao marcar cinco gols em cinco jogos e de se destacar na base do Galo com 75 gols em 113 partidas, Paulo Henrique chegou ao elenco principal no decorrer de 2007. Depois da competição júnior, já treinava entre os profissionais, mas a primeira vez que foi para o banco de reservas foi contra o Náutico, na estréia do Brasileiro daquele ano. PH chegou de mansinho, foi se destacando nos treinos e só teve a sua primeira oportunidade em 10 de junho, pela 5ª rodada do Brasileirão, mas que ficou marcada. Em sua estréia, ele entrou em campo e alguns minutos depois marcou o gol da vitória alvinegra por 1 a 0 sobre o São Paulo, o atual campeão brasileiro, em pleno estádio do Morumbi. Dessa forma, ele quebrou um jejum do ataque atleticano nessa competição.

"Foi diferente, não tem como explicar. Emoção maior foi ver minha a família, todos felizes. Meu pai me ligou feliz. Consegui um dos meus objetivos que era ser profissional e estrear bem. Graças a Deus, isso aconteceu e espero, agora, manter. Vinha trabalhando forte na base e agradeço a Deus por essa chance ter aparecido rápido", comentou na época à imprensa.

Nos jogos seguintes, fez mais dois: um na goleada sobre o Figueirense (4 a 1) e outro na vitória diante do Fluminense (3 a 0). Foram 13 jogos pela equipe alvinegra, dos quais cinco como titular.


HEERENVEEN/HOLANDA

Sua ascensão foi tão grande que não demorou a aparecer clubes interessados no seu futebol. Sendo assim, a diretoria do Atlético/MG oficializou a negociação do atacante, com apenas 18 anos, para o Heerenveen, da Holanda. Esta equipe é a mesma que deu projeção mundial ao atacante Afonso, também formado nas categorias de base do Atlético/MG, que fez parte da seleção brasileira campeã da Copa América e hoje atua no futebol inglês. Aliás, o interesse do Heerenveen surgiu desde 2006, durante o Torneio Internacional de Terborg, na Holanda, quando PH foi o artilheiro e campeão da competição. Ele assinou contrato de três anos com os holandeses, com opção de renová-lo por mais dois.

Em sua primeira temporada no futebol europeu, Paulo Henrique participou de 18 jogos, marcando 5 gols, deixando sua equipe na 5ª colocação do Campeonato Holandês. Nos play-offs finais, que decidem as últimas vagas para as competições européias, Paulo Henrique foi decisivo ao marcar os dois gols da vitória de sua equipe contra o NAC Breda, no dia 8 de maio. Com um empate por 2 a 2 no jogo de volta, o Heerenveen garantiu uma vaga na Copa da Uefa 2008/2009.

Já na temporada 2008/09, Paulo Henrque e seus companheiros levaram novamente o SC Heerenveen à 5ª colocação, conseguindo novamente vaga na Liga Europa (novo nome dado à Copa Uefa). Sua participação foi determinante para o sucesso da equipe, com dezenas de gols em todas as competições. Só no Campeonato Holandês, foram 10 gols em 26 jogos. Mas o marco histórico do clube foi a conquista da Copa da Holanda (KNVB Beker). O título inédito do SC Heerenveen saiu da final com o FC Twente, no estádio De Kuip, em Roterdam, no dia 17/05/2009. Após muita tensão, o grito de campeão só pode aparecer depois das cobranças de pênaltis. Paulo Henrique foi importantíssimo para a conquista, marcando gols - um deles uma obra-prima (assista os gols na seção de vídeos).

Na temporada 2009/2010, o Heerenveen ficou não fez boa campanha e foi eliminado precocemente da Liga Europa e da Copa da Holanda. No Campeonato Holandês, a equipe não saiu do meio da tabela de classificação.


PALMEIRAS

No dia 6 de abril de 2010, Paulo Henrique assinou contrato com o Palmeiras até o fim de 2011, cedido por empréstimo pelo Desportivo Brasil. No entanto, o atacante participou de apenas sete partidas pelo clube paulista, todas entrando no segundo tempo. Ele ficou quatro meses no clube, mas nunca teve uma chance de jogar nem 45 minutos em uma partida.


WESTERLO/BÉLGICA

Sem chances no clube após a chegada do técnico Luiz Felipe Scolari, Paulo Henrique acertou sua transferência, em agosto de 2010, para o Westerlo, da Bélgica. O brasileiro chegou ao clube como uma das esperanças do clube para conquistar títulos. E logo em sua primeira temporada, Paulo Henrique tornou-se o principal jogador do clube na temporada, com 22 gols nas duas competições disputadas, o título do playoff 2 do Campeonato Belga, o segundo lugar da Copa da Bélgica e a classificação para a Liga Europa 2011/12.


TRABZONSPOR/TURQUIA

Destaque do Westerlo, super valorizado e vivendo o melhor momento de sua carreira, Paulo Henrique foi apresentado oficialmente no dia 17 de junho de 2011 no Trabzonspor, da Turquia. A recepção foi a melhor possível: centenas de torcedores lotaram o saguão do aeroporto e a rua que dá acesso à sede do clube. "Nunca tive uma recepção assim antes. Espero retribuir este carinho do torcedor com muitos gols", comentou Paulo Henrique. Em sua primeira temporada, PH disputou a Uefa Champions League. No Campeonato Turco, a equipe ficou no terceiro lugar, conseguindo vaga na Liga Europa 2012/13. Sua grande temporada foi em 2013/2014, quando foi o principal jogador da equipe e marcou 21 gols, sendo 13 no Campeonato Turco e 8 na Liga Europa.

SHANGHAI SHENHUA

Em junho de 2014, Paulo Henrique acertou sua transferência para o Shanghai Greenland, também conhecido como Shenhua, da China. Com contrato até 2017, o jogador espera agora fazer sucesso no futebol asiático. Em 2015, com o excesso de jogadores não comunitários, Paulo Henrique acabou emprestado ao Liaoning Whowin, também da elite do futebol chinês. Mas, em 2016, o jogador retornou ao Shenhua.


SPORT RECIFE


Em janeiro de 2017, Paulo Henrique foi emprestado do Shanghai Shenhua para o Sport Recife, retornando para seu país natal. O jogador tem um contrato inicial de seis meses, podendo ser prorrogado.